Chuva de prata na minha infância

“Toda vez que o amor disser vem comigo, vai sem medo de se arrepender. Você deve acreditar no que eu digo. Pode ir fundo. Isso é que é viver. Chuva de prata que cai sem parar e quase me mata de tanto esperar. Um beijo molhado de luz sela o nosso amor. Enquanto se esquece de mim, lembra da canção.
Oh Lua bonita no céu molha o nosso amor.”

***
Eu me lembro de um dia em casa com a minha mãe em que ela ouvia essa música sem parar. Não me lembro que idade eu tinha, mas acredito que ela estivesse apaixonada – ou pelo meu padrasto ou por um outro padrasto temporário que eu tive, que não era bem padrasto pois nunca morei com ele. Um espanhol, um cara legal que me deu um “Boca Rica” e um “Peposinho” quando sofri desidratação e tive que ficar por mais de uma semana internada. Eu sempre achei ele legal porque me dava presentes, essa é a verdade. Muitos presentes. Não sei que fim levou, parece que virou piloto de fórmula truck ou coisa que o valha. Um dia conto a história da minha mãe que tinha dois namorados e tento resolver se isso foi ok para mim ou se sofro uma disfunção de comportamento por isso. Sinceramente, espero ter uma disfunção qualquer, pois não há nada que eu ame mais nesse mundo do que um pequeno drama e pequenos traumas. Mas divago.

Então que nessa época onde minha mãe ouvia Gal em looping dentro do nosso primeiro apartamento próprio, eu presumo hoje que ela estivesse mesmo apaixonada. Ninguém ouve tanto Chuva de Prata se não está acometido de um amor arrebator, uma grande paixão, uma imensa vontade de ser feliz por qualquer coisa.

Advertisements

Leave a comment

Filed under Alta Fidelidade

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s