Das despedidas

Embora não fosse surpresa, o abraço final apertou o coração de Alice. O resto da tarde foi melancólico, cabisbaixo, sem sal. Pensa quão estranho é se despedir de alguém quando ignora-se o tempo do próximo encontro.  Mas uma vez que detesta despedidas, Alice disse apenas “até mais” e não um impossível adeus.

Advertisements

Leave a comment

Filed under Vida na agência

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s