Aliceteração

Alice alivia os dias em livrarias onde escolhe livros de leituras leves. Levanta lívida, vívida, quase levitando, quase livre. Sai no limiar do dia apenas para ver os lírios no campo da imaginação. Quem vê Alice passar sem pedir licença, lépida e intrépida, não imagina as muitas vezes em que é tão leviana. Do linóleo não se lembra, pois não guarda lembranças do seu lado libertino em épocas já longínquas, menos lúdicas do que gostaria. Do limbo ao livre arbítrio, Alice alitera, sem literalidade ou propriedade, o significado da sua própria alienação.

Advertisements

1 Comment

Filed under Fricção, I can read

One response to “Aliceteração

  1. marcela

    Amei! 🙂

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s