Não jogue o seu cachorro no lixo

Frequentemente eu me lembro dessa história. Lá na adolescência eu fiz essa amiga na praia onde costumava passar as férias junto com as outras amigas que eu tinha, que também se tornaram amigas dela. A amizade com Teté surgiu por que ela tinha um irmão mais velho que foi o homem da minha vida por anos, mesmo sem jamais ter dado um beijo nele. E embora seja um pouco verdade que nossa amizade começou só por causa do irmão dela, seria mentira dizer que ela se sustentou por isso. Fomos amigas durante anos, por muitos verões e invernos. E não é que a amizade tenha acabado, a vida apenas toma rumos diferentes e o distanciamento é natural. Masesse post não é sobre a minha amizade com Teté (embora ela tenha rendido ótimos momentos) nem sobre meu amor platônico pelo seu irmão. É sobre a capacidade que as pessoas têm em exercer o desapego de seus animais.

Teté morava no Riacho Grande, numa dessas chácaras imensas na beira da represa billings. A casa era cheia de verde, cercada de um jardim sem fim que abrigava um casal de araras e quatro cachorros: Dixie, Whiskey, Black e Melancia. O lugar era um paraíso pros cães, que corriam o dia inteiro e tomavam banho na represa na hora que desse vontade. Teté e seus dois irmãos amavam aqueles cachorros, e falavam deles como se irmãos também fossem. Nenhuma novidade. Pelo menos pra mim, é impossível conviver com um animal de estimação e não considerá-lo parte indissociável da sua família. E pelo menos pra mim, quem não trata seus animais dessa forma, não merece sequer o cocô que eles fazem.

Não sei como eu recebi a notícia – se por uma carta postada no correio, por um telefonema ou se foi dada pessoalmente – mas eu me lembro da tristeza e da revolta com que ela foi contada. Certo dia, a  cadela Melancia aparecera prenha em casa. Se para os meninos era legal ter filhotes fofos correndo pelo quintal, para o pai deles aquilo pareceu um problema. Então certo dia, sem dizer nada a ninguém, o pai da Teté colocou Melancia prenha no carro e largou ela em algum lugar do Riacho Grande. Ninguém nunca mais viu Melancia, apesar de terem procurado muito por ela.

Histórias como esta infelizmente repetem-se todos os dias. Todos os dias, pessoas simplesmente descartam seus animais de estimação como se eles fossem o saco de lixo que colocamos para fora. E foi usando essa analogia triste que a ONG Cão Sem Dono começou uma campanha contra o abandono de animais. A ação é super simples mas extremamente tocante. O filme é bem produzido e não tem cenas apelativas de animais sofrendo ou judiados. Se jurada de Cannes eu fosse, a campanha um Leão de ouro teria.

Eu sei que nem sempre conseguimos manter um animal de estimação. Quando se compra ou adota um bichinho, mas por algum motivo você não se adapta a ele, a única coisa possível a ser feita é procurar uma casa e um dono que queiram cuidar dele tão bem quanto você gostaria mas não pode. E se o seu bichinho de estimação passou anos sendo um dos seus poucos amigos que lhe amam incondicionalmente, não jogue ele fora quando adoecer ou ficar velhinho. Afinal, ninguém joga amigos e parentes no lixo.
.

.

.
Esse post não é patrocinado nem estou recebendo nada para dizer que abandonar animais de estimação é um ato cruel e lastimável. Até por que eu espero que você concorde comigo.

Advertisements

2 Comments

March 27, 2012 · 12:18 am

2 responses to “Não jogue o seu cachorro no lixo

  1. Eu ia ficar muito puta com meu pai se ele fizesse isso comigo e com minha cadelinha!

    Queria poder acolher cada bichinho que vejo sem dono por aí. Dar, nem que fosse, um cadinho de conforto e condições pra sobreviver.

  2. tia mirtes

    Olá Amber – parabéns por se importar com a causa do abandono dos animais! Sofremos com eles, ficamos desesperados por não encontrarmos abrigos, faltam recursos para os tratamentos e tantas outras coisas que poderíamos lamentar mas , a alegria de ter , nem que seja apenas um ,caozinho adotado compensa tudo! E o fato das pessoas estarem se conscientizando que animal não é “lixo” já é um começo! Vamos juntos nessa longa caminhada ! Parabéns de novo!

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s