Dos piores jobs

Tamos aí com o job mais empacado da galáxia. O briefing chegou cedo, mas como de costume, as coisas só começam a andar quando o prazo aperta. Ok, estou sendo injusta. O briefing sempre chega pra ontem e esse foi uma baita exceção. Talvez seja só o costume de deixar tudo pra última hora – se bem que nesse caso a culpa toda é do cliento. Sério, o cara desistiu de um roteiro (antes havia desistido de outros dois) quando o vídeo já estava em produção. Enfim, só alegria.

A minha parte no job era arrumar o youtube, ajudar na arquitetura da Fan Page e traçar o conteúdo editorial. Bem simples, não? Não. Então perguntei pro atendilento quais eram as campanhas do cliento e quais iniciativas a empresa tinha (Sustentabilidade? Cultura? Algum patrocínio de evento?).

– Pois é, não eles não têm nada.

– Bom, então me arruma aí algumas promoções, alguma coisa de varejo mesmo que eu me viro.

– Então, o cliento não quer falar sobre isso.

– Sei, tá ficando difícil.

– Apela pro lado emocional, sabe? Faz uns textinhos colocando a marca como potencializadora da coisa toda.

– …

– Ah! Me lembrei do patrocínio do festival XPTO.

– Vai ser quando?

– Não, o último foi em 2007.

– Não serve. Mas enfim, vou ver o que eu consigo.

Daí recorri ao último recurso, minha coordenadora de conteúdo. Expliquei o problema, a falta de insumo e tudo o que dificultava o job. Mas tive uma ideia meio salvadora. Disse:

– A gente poderia ter uma espécie de bate bola com algumas pesssoas influentes e blablablabla…

– Mas aí vamos ter que pagar, né? Isso não é mídia? Precisaria achar um jeito deles fazerem isso de graça pra gente.

(ronco histérico plus vontade de bater com a cabeça na parede mil vezes perguntando se ela trabalhava de graça) Bom, então o que vamos fazer?

– Faz assim: procura umas notícias que tenham a ver com a marca e coloca de uma forma divertida. Faz uma curadoria de notícias, é isso!

***
Sem mais.

Advertisements

1 Comment

Filed under Vida na agência

One response to “Dos piores jobs

  1. jesus. tem minha solidariedade.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s